Nitrato

NITRATO EM ÁGUA: OCORRÊNCIA E CONSEQUÊNCIAS

O critério de poluição é relativo, pois a qualidade da água dependerá de sua aplicabilidade.

No Brasil, a Portaria no 2.914, de 12 de dezembro de 2011, do Ministério da Saúde (MS) dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância de qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.

Segundo a Portaria no 2.914 do MS, água potável é aquela que atende ao padrão de potabilidade e não oferece riscos à saúde.

O padrão de potabilidade é definido como o conjunto de valores permitidos como parâmetros de qualidade da água destinada ao consumo humano. Os parâmetros que o definem, assim como seus valores limite, são continuamente revistos e atualizados em função da detecção de novos contaminantes e do uso de tecnologias mais recentes.

O contaminante inorgânico de maior preocupação em águas subterrâneas é o íon nitrato, NO3-, que normalmente ocorre em aqüíferos de zonas rurais e suburbanas. O nitrato em águas subterrâneas origina-se principalmente de quatro fontes: aplicação de fertilizantes com nitrogênio, bem como inorgânicos e de esterco animal, em plantações; cultivo do solo; esgoto humano depositado em sistemas sépticos e deposição atmosférica.

Uma preocupação recente trata do aumento dos níveis de íon nitrato na água potável, particularmente em água de poços em localidades rurais, sendo a principal fonte deste nitrato a lixiviação de terras cultivadas para os rios e fluxos de água.

O excesso de íon nitrato em água potável é preocupante por causar em recém-nascidos a síndrome do bebê azul; e em adultos, conforme pesquisas, pode ser responsável por causar câncer de estômago, e aumentar a probabilidade de câncer de mama em mulheres (BAIRD; CANN, 2011).

 

Redução de Nitrato

Remove nitrato da água potável de forma confiável

Unidade de remoção de nitrato de águas, conjunto duplo, consistindo de:

2 tanques (filtros) de fibra de vidro reforçado;

Enchimento dos filtros com resina de troca iônica de alto desempenho, quantidade controlada.

O fluxo pode ser acompanhado através de escala organizada;

Dispositivo integrado de desinfecção, com tanque de 2 seções para solução salina e armazenamento;

QUICKSET-E (flange rotativo com tampa de montagem) incluído assim como suporte para parede.

Fornecimento, Instalação, Start-up e Treinamento.

Dados Técnicos

Tipo JDN 2 JDN 4
Vazão nominal de água (m³/h) 2 4
Vazão temporária máxima (m³/h) 2,4 4,8
Conexão 1" 1 1/2"
Perda de pressão na vazão nominal (ba) 0,7 0,7
Tanque de solução salina (kg) 40 80
Consulmo de sal (lg/regeneração) 0,4 0,8
Pressão máxima de operação (bar) 6 6
Pressão mínima na vazão nominal de água (bar) 3 3
Temperatura de operação (°C) 30 30
Código do produto    
* 2 x JDN 2 para montagem em paralelo.
QUICKSET-X JUDO
Vávulas by pass de modo comando
Código do Produto 8735210
Fitas de teste para JUDO
Embalagem com 25 peças
Código do Produto 8742150

Solicite um orçamento